Uma boa notícia para quem ainda está sofrendo com a quantidade de purpurina colada pelo corpo após o Carnaval. A Clínica Glitoff, da empresária Márcia de Almeida Ruiz, em Bonsucesso, promete remover até 95% do glitter colado no corpo dos foliões.

“Importamos rapidamente uma máquina da Áustria que tem potência superior a outros aparelhos e conseguimos retirar quase todo o glitter da pele”, garante Márcia. “Tiramos inclusive aqueles restos de carnavais antigos, que já parecem uma tatuagem”.

A técnica chamou atenção da zona sul do Rio no ano passado, depois que uma paciente fez o procedimento revelou ser uma jovem que estava desaparecida há oito dias. “A gente achava que era um vestido de paetê que ela tinha esquecido na cadeira dela, mas era ela própria que estava sentada ali!” contou um colega do trabalho da jovem. Agora, com a máquina, a técnica ficará mais acessível para muita gente.

O serviço custa R$50 por centímetro quadrado. O SUS comunicou que espera poder oferecer esse serviço gratuitamente para a população a partir de 2019.