Efeito Simpsons? Uma semana antes de o prefeito do Rio dar um bolo no Rei Momo, o Sensacionalista previu que isso aconteceria. Crivella era aguardado hoje para a festa no sambódromo, que estava marcada para 18h mas não apareceu.

A entrega da chave só foi ocorrer duas horas e meia depois – e foi feita pela secretária de Cultura, Nilcemar Nogueira. Segundo ela, o prefeito disse que sua mulher estava doente e, por isso, não apareceu.

Na matéria “Carioca sentir saudade de Eduardo Paes é o primeiro milagre de Crivella“, publicada no dia 14, o Sensacionalista previu:

Crivella não quer nem passar a chave da cidade para o Rei Momo, como é a tradição do carnaval. Já avisou que vai deixar a chave dentro de uma vasinho que fica à esquerda do portão de casa. O Momo que pegue e entre.

Clique aqui e leia a matéria completa.