O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, fez parte da comitiva de Michel Temer que foi a Portugal acompanhar a cerimônia fúnebre do ex-presidente português Mario Soares. Diante do fato de que Mendes está no momento presidindo um processo de cassação do presidente, as famosas piadas de português, que brincam com a falta de inteligência, passarão oficialmente a ser feitas sobre brasileiros.

Diante de algumas críticas à carona de Temer a Gilmar, o presidente do TSE disse que não vê qualquer problema em viajar com Temer a Portugal no avião presidencial. “Trata-se de um assunto menor”, desabafou.

Diante do ocorrido, os analistas políticos chegaram à conclusão de que a única instituição que está funcionando normalmente no país é a FAB (Força Aérea Brasileira).