Milhares de brasileiros se reuniram no último domingo para protestar contra a corrupção e apoiar a operação Lava Jato. Embora protestar seja um dos direitos mais sagrados da democracia, tem horas que a gente olha para os nossos compatriotas e fala: “Amigo, assim não dá para te defender.”

Tão certo quanto um petista enrolado com denúncias de corrupção, sempre haverá manifestantes que perderão a mão e nos presentearão com cartazes que até poderiam ser coisa nossa. Nosso trabalho aqui está feito e trouxemos os 10 momentos mais Sensacionalista das manifestações. Divirta-se!

01

Sérgio Moura, não sabemos quem você é, mas temos orgulho de você!

02

Não conseguimos entender se ela está lutando pelo fim da democracia ou se ela está de luto pelo fim da democracia. Ambos os cenários são meio assustadores com o pedido de intervenção militar que vem logo em seguida.

03

Até maquete do Congresso rolou! O melhor do Brasil é o brasileiro!

04

O artigo 142 da Constituição diz que as Forças Armadas “são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

05

Nem PEC, nem Temer, nem Renan, nem Maia, nem intervenção militar. O grande protagonista das manifestações foi o juiz Sérgio Moro. Deus, o Todo-Poderoso, criador de tudo, onipotente, não conseguiu resolver os problemas do Brasil e teve que pedir ajuda ao juiz. Em que lugar da Bíblia tá escrito isso? Deixa ali nos comentários pra gente, por favor?

06

Tem coisas que nem o Sensacionalista teria competência para inventar, tipo essa imagem acima.

07

O Brasil é o único país do mundo que consegue transformar tudo em carnaval.

08

Já decidi qual vai ser o meu pedido de presente no amigo secreto.

09

Valeu o esforço, mas o Brasil não tinha acordado em 2013? Seria Moro o “gigante” que acordou lá em julho? Nunca saberemos.

100

E terminamos a lista tal qual esse manifestante: exaustos. Até a próxima!