Fidel Castro morreu durante a madrugada e, ao longo do dia, o bom senso também está falecendo no Facebook (há quem diga que ele nunca viveu). Milhares de posts contra e a favor de Fidel surgem na rede social e algumas amizades já estão sendo desfeitas. A briga entre coxinhas e petralhas voltou com força total. De acordo com a universidade de Stanford, a morte de Fidel mostrou que o Brasil é o país do mundo com mais entendidos na questão de Cuba.
“Jamais imaginamos que o país tivesse tantos especialistas em relações internacionais e geopolítica”, disse o coordenador da universidade.
Usuários relataram que sentem falta do tempo em que as redes sociais eram usadas para postar fotos de bebês e bichinhos fofinhos. “Aquilo sim era construtivo”, disse um usuário.