O Conselho de Administração do Banco do Brasil aprovou no domingo um conjunto de medidas de reorganização institucional para diminuir as filas nas agências, motivo de reclamação de 11 entre 10 clientes do banco. Para diminuir as filas, o método escolhido pelo Conselho será o de fechar 402 agências.

“Recebemos constantemente reclamações sobre o tamanho de nossas filas, então decidimos diminuir o número de agências. Dessa forma, cortando 402 agências, serão 402 filas a menos” disse o diretor do Conselho.

Outros planos para melhorar o atendimento do Banco do Brasil foram discutidos, entre eles retirar os relógios das agências que restarem.

“Hoje temos uma política interna em que o cliente não pode passar mais de 20 minutos em uma fila. Vamos retirar os relógios das agências, assim os clientes não saberão quanto tempo demoraram dentro do banco” explicou.