Sempre de olho nas novas tendências, o Papa Francisco, considerado o Papa progressista, decidiu alterar o juramento matrimonial e atualizar a parte dos votos em que os noivos juram amor eterno. “Pelos próximos quatro ou cinco anos já está bom” disse o Papa em um encontro da pequena comunidade católica da ex-república soviética da Geórgia.

“Eu também acho que devemos alterar a parte em que os noivos prometem se amar e respeitar na riqueza e na pobreza, pois na atual crise econômica deveria ser cada um por si e meus parabéns pra quem se sair melhor” afirmou o Papa.

O Papa causou polêmica e se pronunciou sobre o casamento gay. Ele disse que uma das únicas preocupações da Igreja Católica sobre o assunto é o fato de que todo casamento entre pessoas do mesmo sexo acontece na praia e, como alguns países não possuem mar, a Igreja acha errado que apenas alguns possam se casar e não todos. “E também é brega e pouco prático usar terno claro na areia” finalizou Francisco.