Prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), ganhou o quadro “São Paulo, cidade do mundo”, do artista plástico Romero Britto. O presente foi dado em Miami, onde Doria passa as férias, e vai ficar exposto no gabinete da Prefeitura, no Centro da capital paulistana.

A obra de Britto, em fundo azul,  mostra corações e helicópteros em meio a diversos prédios coloridos, simbolizando a cidade de São Paulo. O problema é que o quadro é quase igual ao dado para Lula, em 2008. O desenho é o mesmo nas duas pinturas, apenas possuem cores diferentes.

Uma investigação sigilosa feita por especialistas indica que todos os quadros de Romero Britto vendidos a outros compradores, desde o início de sua carreira, são praticamente idênticos e uma chuva de reclamações congestionou os telefones das sedes estaduais do Procon espalhadas pelo país.

“Já vinha desconfiando que meu quadro original era muito parecido com algumas a vidraça de um sítio de um amigo meu, mas não reclamei porque presente dado não se olha os dentes”, comentou o ex-presidente Lula.

Doria, no entanto, ficou preocupado com a semelhança entre os dois quadros e está pensando em devolver o presente.

“Com a Lava Jato e o Moro por aí, não posso arriscar ter algo parecido com o que tem o ex-presidente Lula, já imaginou o problema se a PF fizer alguma confusão?”