Antes mesmo de entrar no ar, a série 3%, segunda série a ser 100% produzida no Brasil pela Netflix, já enfrenta seu primeiro problema: um processo do artista Wesley Safadão.

Segundo os advogados do cantor, a série baseada num futuro distópico não apenas seria inspirada na canção cujo refrão é “99% Anjo, Mas Aquele 1% é Vagabundo”, como emprestaria detalhes específicos de sua vida. “Trouxe um grande trauma para o brasileiro que não fazia contas com uma calculadora desde a URV”, diz um popular.

Nem mesmo o fato da série se passar num futuro distópico reduz a confiança dos advogados. “Distopia? Você já viu um show do Safadão ao vivo? É pura distopia, meu amigo”.

Ainda que a Netflix tenha se recusado a comentar, a dupla Maiara e Maraísa, autora do hit 10%, disse que também considera se juntar ao processo.