Antes de conseguir a vaga de Hipster no elenco da Polícia Federal, Lucas Valença já havia tentado ser Emo na Polícia Militar e Pagodeiro na Polícia Rodoviária, sem sucesso. Bastou participar da prisão de Eduardo Cunha para chegar à fama e se tornar a subcelebridade da vez.

O problema é que, depois de bombar na internet, aparecer em programas de TV e dar entrevista ao EGO, ele foi afastado do cargo e agora garimpa uma vaga na próxima edição da Fazenda. Fontes próximas afirmam que esse era seu objetivo inicial.

Lucas passou por muita dificuldade até alcançar o estrelato. Pegou pneumonia duas vezes por não ter camisas para usar nas gravações de seus videos para o Instagram. Ele se acostumou tanto com isso que até gostou. Seu sonho é ser chamado para uma novela de Carlos Lombardi e fazer o papel de ‘um saradão sem camisa e do bem’.

Enquanto isso não acontece, o Hipster da Federal negocia a sua participação em ‘A Fazenda’. Uma forma de mostrar ”a sua essência e que não é somente mais um rosto bonito”. E claro, dar o pontapé inicial na carreira de modelo-manequim-ator. Mas nem bem assinou contrato e já tem polêmica no ar.

O ex-participante do reality, Theo Becker, garantiu que Lucas não teria chance no programa por ser “muito louco”. “Nem eu sou maluco o suficiente de ir num programa de TV falar da minha beleza sendo empregado da polícia federal”.