O MEC decidiu que, a partir do ano que vem, não criará novas bolsas de estudos para médicos residentes. O argumento utilizado para o fim das novas bolsas é o de ‘corte orçamentário’, já que a manutenção das bolsas que já vigoram custa R$ 600 milhões aos cofres do MEC. Para garantir que os médicos tenham acesso à residência, Temer anunciou nessa tarde uma parceria entre o Governo e a Netflix, que dará aos médicos recém formados a possibilidade de estudar e praticar Medicina assistindo Grey’s Anatomy.

O programa “Mais Meredith” entrará em vigor em 2017 e disponibilizará senhas de acesso apenas para séries médicas na Netflix, dando aos recém formados uma base de treze temporadas de Grey’s Anatomy e uma especialização em oito temporadas de House.

De acordo com Temer, o Programa ensinará muito mais que apenas Medicina.

“O programa formará não apenas excelentes médicos, mas também irá prepará-los para sobreviver à quedas de avião, tiroteios e bombas. É muito mais completo e barato” disse Michel Temer durante coletiva.

Questionado se já existem estudos que comprovam a eficácia do novo programa, Michel Temer disse que testou ele mesmo o novo método com a série House of Cards. Ele ainda prometeu expandir o programa para outros cursos superiores.

“Acreditamos que o atual modelo de ensino brasileiro é ultrapassado e vemos nessa parceria com a Netflix o futuro da educação no nosso país. Pretendemos expandir o formato para outros cursos e o de Direito deverá valer a partir de 2018 e utilizará como base as séries How To Get Away With Murder, The Good WifeScandal” finalizou Temer.