Feriado às quartas-feiras. Não dá para enforcar o dia anterior, porque é terça. Não dá para emendar no fim de semana porque o dia seguinte ainda é quinta. Afinal, para que serve um feriado como este? Estudiosos do setor de Inutilidades e Irrelevâncias do Instituto Nupal, o Núcleo de Pesquisas para a América Latina, pesquisaram a existência deste dia e concluíram que o feriado numa quarta-feira só não é mais inútil do que o voto no Brasil.

“É um dia em que você não pode sair para beber e nem chegar muito tarde, porque no dia seguinte já acorda cedo de novo. Até pode dormir até mais tarde, mas fica achando que tem que madrugar pra ir à praia, levanta, o tempo nem tá lá essas coisas, mas você vai mesmo assim porque já acordou, chega lá e não tem vaga, roda, roda e não acha, volta pra casa para dormir mais, mas não consegue porque já despertou”, explica Dionísio Feitosa, coordenador do projeto.

Mesmo com tamanha inutilidade, o feriado ainda é mais útil do que colocar um voto na urna no Brasil, onde muitas vezes quem você vota é afastado e, mesmo quando não é, não faz nada de bom no Poder. “Lembramos a todos que, no segundo semestre, há mais dois feriados em quartas-feiras”, diz Feitosa.