A faixa provocou polêmica. Agora, gera uma cobrança. A igreja evangélica enviou um ofício ao jogador Neymar dizendo que ele não pode usar uma faixa escrito 100% Jesus porque 10% são para o pagamento do dízimo. De acordo com o texto, a faixa de Neymar foi boa mas não se pode esquecer da parte da igreja.

“Ele fez um marketing bom do nosso garoto propaganda mas não podemos deixar de lembrar isso”, disse um porta voz.

Procurado, Jesus não foi encontrado pela reportagem. Um assessor disse que Jesus tinha saído mas que Jesus voltará.