Nessa manhã a Operação Hashtag, da Polícia Federal, emitiu 12 mandados de prisão contra suposto grupo terrorista que planejava atentados na Rio 2016. 10 pessoas foram presas, entre eles um menor e outras duas estão sendo monitoradas. A Operação fez sucesso na internet e chegou aos Trending Topics do Twitter.

Mirando no público internauta e almejando popularidade, a Polícia Federal emitiu um comunicado, em que revela os nomes das próximas operações:

“A gente viu que a galera curtiu a ‘Operação Hashtag’ e também a operação anterior, chamada ‘Deus no Comando’, por isso iremos aproveitar para aumentar nossa popularidade e chamaremos as próximas operações de ‘crush’, ‘miga’, ‘signos’, ‘Kéfera’ e ‘Inês Brasil’, não necessariamente nessa ordem. Queremos estar mais presentes no ambiente online” explica o comunicado.

Com a nova postura online, a PF pretende aumentar o número de likes em sua fanpage, além de não descartar a possibilidade de um vlog no futuro.