O advogado Carlos Eduardo Fortuna, de 38 anos, foi preso em uma operação da polícia federal em sua residência e vai servir uma pena de 12 anos no presídio de Taubaté do Sul (SP).

Cadu, como é conhecido pela família, é acusado de chefiar um império do tráfico de drogas, o Cartel de Santa Cruz de La Sierra. Seu codinome seria “Doutor do Tráfico”. A princípio o advogado negou ser o chefe do tráfico, mas segundo o diretor da penitenciária, Sr. Demóstenes, Cadu teria assumido sua identidade no mundo do crime e estaria até liderando os outros detentos.

“Temos alguns bandidos perigosos aqui como o China e o Playboy, dois meliantes conhecidos da sociedade, que o tratam como Doutor do Tráfico”, afirmou Sr. Demóstenes.

Amigos de Cadu contactados pela reportagem dizem que o advogado estaria se comportando como tal apenas para sobreviver em meio à injustiça de que foi vítima.

“Ele teve até que pedir para a mulher grávida fingir que era ‘primeira dama do tráfico’ para não ser morto lá dentro”, disse um amigo que não quis se identificar.

Chefe do tráfico ou benfeitor injustiçado?

Quer saber mais dessa história para lá de sensacionalista? Não perca a estreia de “1 Contra Todos”, a série (inspirada em uma história real) do premiado diretor de Dois Filhos de Francisco, Breno Silveira, que estreia na FOX na próxima segunda, dia 20 de Junho, às 22h30. Uma produção original do FOX+.

Acesse: foxplay.com/1contratodos e saiba mais.