Um jovem está internado há três dias com sintomas de uma rara doença, que impede que ele se comunique sem utilizar memes da Inês Brasil. Ainda sem um nome ou um tratamento eficaz, a doença faz com que Miguel Oliveira, de 19 anos, não consiga formular nenhuma sentença sem utilizar frases da Inês.

“Seria meu sonho?” disse Miguel em uma entrevista exclusiva ao Sensacionalista, quando foi questionado se gostaria de ser curado.

Os médicos responsáveis pelo caso garantem que estão se esforçando ao máximo para encontrar um tratamento, enquanto Miguel segue incrédulo e diz que vai “chamar seus advogados na Alemanha”.

“Não tenho ódio nem raiva, não sou cachorra” disse ao perguntarem como ele se sentia por ser a primeira pessoa diagnosticada com a doença. “Então segura a marimba aí, monamú” completou.

Sobre como será sua vida caso a cura da doença nunca seja encontrada, Miguel foi categórico: “Bata na sua cara antes que eu bata!”. Ele segue internado, mas garante “por essa água de Jesus” que vai sair dessa.

Ao se aproximar para se despedir, nosso repórter recebeu uma ameaça da parte de Miguel, que disse “Se me atacar, eu vou atacar!”, enquanto saía da cama claramente irritado, proferindo as palavras “Você tá fazendo um jogo comigo, garota?”.