As novas mudanças na política de postagens do Instagram causaram revolta entre os usuários do aplicativo. O novo algoritmo que irá divulgar com prioridade as fotos populares na timeline parte do modelo parecido com o do Facebook, exigindo que você se inscreva nos perfis que quer ver para ter acesso ao conteúdo, diminuindo assim o número de curtidas.

As redes sociais foram tomadas de reclamações nessa manhã e uma pesquisa revelou que 98% das pessoas que reclamaram que o número de curtidas iria diminuir já recebiam poucos likes na forma antiga. Confira depoimentos:

“Eu ganhava cerca de 13 curtidas, hoje ao postar minha selfie diária com uma mensagem inspiradora, apenas 8 pessoas curtiram. Isso é culpa do governo do PT que até nossas curtidas está levando embora”, disse a usuária Leonelita Zorzalanna.

“Eu adotei dois gatos para poder postar fotos no Instagram. Sem as curtidas, o que eu faço com os gatos? Uma sacanagem sem tamanho”, desabafou Martha Machado.

O Instagram se pronunciou e garantiu que o alcance das postagens não diminuirá para todo mundo, apenas para pessoas que postam fotos na academia com legenda de superação, em que a pessoa parece ter vencido uma batalha contra o câncer mas apenas conseguiu fazer três séries sem pausa pra beber água.

Um boleto será emitido e enviado para a casa dos usuários que terminarem o mês com curtidas negativas.