O advogado Marcelo Pereira está impossível nos últimos dias. Nomes e nomes de filmes com trocadilhos usando vegetais passam pela sua cabeça em velocidade máxima. “Alho, o oitavo passageiro”, “Couve uma vez um verão”, “007, o espigão que me amava”, repete ele, para quem quiser – e também para quem não quiser também – ouvir.

Marcelo não está sozinho. Nada menos do que 97% dos visitantes do site Hortiflix contraem a chamada Trocadilhite Hortinematográfica, diz um estudo produzido pela Universidade de Carrot, nos Estados Unidos.  Trata-se de uma mania de criar nomes de filmes envolvendo vegetais, frutas e legumes.

O Hortiflix foi lançado como um showroom das dezenas de títulos filmes “produzidos” pela rede Hortifruti em campanhas publicitárias. Estão lá os impagáveis Kiwi Bill, o Chuchurek e Couve Flor e seus dois maridos.

“Posso dizer que é uma epidemia. Entrei no site e comecei a fazer os trocadilhos, agora não posso mais parar. Aliás, você já viu aquele filme do Keanu Reeves, “O advogado do Quiabo”, disse ele, dando uma gargalhada completamente maquiavélica.

Para piorar a doença, o site aceita sugestões de nomes de filmes entre os visitantes. Vem mais trocadilhos por aí…