Seguranças do ministério não conseguiram confirmar se o homem estava alcoolizado

A Polícia Federal prendeu, na madrugada desta segunda-feira, um homem que invadiu com sua caminhonete a portaria do Ministério da Fazenda.

Segundo informações, o motorista estacionou em frente ao hall de entrada e acelerou o carro de propósito, quebrando as portas de vidro e indo parar no meio do salão de entrada. A motivação, segundo ele, foi política, uma vez que ele não apoia o atual governo.

O caso ficou ainda mais curioso depois que o homem foi liberado, já na manhã da segunda-feira. O carro, depois de ser liberado pela perícia, simplesmente desapareceu.

“Fui buscar o carro, como teria direito, e disseram que não sabiam de carro nenhum”, disse o homem. “Perguntei para uma funcionária que chegava para trabalhar e ela disse que é muito comum as coisas desaparecerem por ali, especialmente documentos, políticas econômicas viáveis e impostos”, disse o homem.

De réu, portanto, o homem passou a vítima. Ele, que disse ter um rastreador instalado no carro, alega que o veículo estaria neste momento chegando na Venezuela, de onde faria uma parada antes de ir para Cuba. A informação não pôde ser confirmada pela reportagem.

M Zorzanelli