Um grupo de nacionalistas se reuniu hoje na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro, para protestar contra a Black Friday. Segundo os organizadores, o evento pretende conscientizar os brasileiros sobre a valorização dos eventos que já fazem parte da nossa cultura: “essa Black Friday é coisa de gringo que quer impor seus valores culturais em detrimento dos nossos, nós já temos o aniversário Guanabara. Black Friday é o cacete!”, bradou Pedro Brás, líder do movimento.

Além do aniversário Guanabara no lugar da Black Friday, o grupo também luta pela valorização do Dia de Cosme e Damião no lugar do Halloween e pelo dia de São João no lugar do Thanksgiving. O grupo está acampado na Cinelândia e só sai de lá quando o Black Friday acabar, o que só deve acontecer na semana do natal