Roberto Carlos lançou um novo CD. Regravações. Arranjos revisitados. O Rei na capa de azul e branco. Eis que…há uma novidade: a franja do cantor está mais rala. Os críticos estão mobilizados para comentar esse fato novo. “Nem todos estão percebendo a novidade, mas acredito que haja um grande simbolismo nessa imagem, algo que merece sua atenção, diz o crítico Patrick Bernardes, da Folha do Rei.

Na coletiva de lançamento do CD, também houve algumas novidade que chamaram a atenção de todos: o Rei só falou “bicho” depois de cinco minutos de entrevista. O normal é falar antes de dois minutos. O tom do azul da camisa também mudou dos últimos anos para cá: em vez de azul-turquesa, azul-safira. É a evolução do artistas mais popular do Brasil.