Censura ou bom senso? A mais recente determinação do Ministério da Cultura está causando polêmica e dividindo a classe teatral. A Resolução 221/2015 que proíbe atores, ao final do espetáculo, de falar a frase “quem gostou recomende aos amigos, quem não gostou recomende aos inimigos” causou desconforto entre alguns profissionais de teatro, enquanto que outros atores e dramaturgos apoiaram a nova norma publicada pelo MinC. Técnicos do Ministério estão, agora, avaliando a proibição de mensagens engraçadinhas solicitando que o celular seja desligado antes de ser iniciado o espetáculo.

A equipe de reportagem do Sensacionalista procurou o Ministro da Cultura para prestar esclarecimentos, mas não encontrou porque são muitos ministérios.