Alguns países do norte da Europa, como a Noruega, a Suécia e a Dinamarca, decidiram proibir definitivamente os jogos League of Legends e Dota 2 nos seus territórios. O objetivo é fazer com que os jovens saiam da chamada “friendzone” e voltem a ter relações sexuais. Os governos desejam aumentar a taxa de natalidade desses países.

A Dinamarca, que já oferece dinheiro para incentivar casais a ter filhos, resolveu propor duras penas para quem for pego jogando algum desses dois jogos. Depois da medida, os índices de criminalidade dispararam no país.

O número de pessoas detidas por jogar LOL já superou os condenados aos crimes de jogar papel de bala no chão, lavar a calçada com mangueira em vez de usar balde, e até de ficar encostado na porta do metrô, crime que teve cinco condenados à prisão perpétua só nesse mês.

A presidente Dilma Rousseff criou o programa “Mais Suecos”, e fez uma proposta à Suécia: o funkeiro Mr. Catra exportaria cinco filhos recém-nascidos ao mês para o país europeu e, em troca, a Suécia enviaria cinco caças para a Aeronáutica brasileira.

Bruno Machado