O ataque de hackers ao site de encontro de pessoas casadas e comprometidas, o Ashley Madison, está causando mais dores de cabeça do que bater com o chifre no batente da porta. Os dados de 37 milhões de usuários foram copiados pelos hackers, que ameaçam divulgar as informações.

A ONU divulgou uma nota dizendo que se a lista for divulgada, o cheiro de chifre queimado poderia sufocar toda a humanidade. “Imagina 37 milhões de pares de chifre na cabeça quente das pessoas nessa hora. Seria uma emissão de monóxido de carbono superior a uma garagem fechada com um trator dentro”, disse um comunicado.

Segundo estimativas de especialistas, toda a produção de flores do mundo não seria suficiente para dar conta dos buquês pedindo desculpa se os 37 milhões de adúlteros forem revelados. Ainda assim, a prefeitura da cidade de Holambra, maior produtora de flores do Brasil, já estima um aumento de 1000% no faturamento em impostos.

Outro reflexo do ataque aconteceu entre os terapeutas de casal. Todas as fabricantes de iates do mundo pararam de aceitar pedidos depois que os terapeutas de casal, já pensando nos lucros depois da revelação da lista de adúlteros, comprou toda a frota disponível no planeta até 2050.

M Zorzanelli