Um estudo do setor de Relacionamentos Interesseiros do Instituto Nupal, o Núcleo de Pesquisas da América Latina, revelou uma reviravolta no ranking desta área. Até o ano passado, o primeiro lugar era dos donos (ou donas) de carros esporte. Mas, a partir de janeiro deste ano, os assinantes do canal HBO passaram a frente deles, disparado.

De acordo com Keyla Neves, coordenadora do estudo, a diversidade de boas séries e filmes, que são comentados nas redes sociais, é a causa da mudança. Ela acredita que hoje, quem não vê Game of Thrones, por exemplo, se sente extremamente deslocado. “Quem não tem dinheiro para assinar o canal a cabo acaba correndo atrás de um namorado ou namorada que tenha. Hoje em dia, ver série da HBO deitado na cama de conchinha é um capital”, afirma. “Inclusive, a nudez dos programas oferece mais estímulo sexual do que os canais eróticos. É tipo um 2 em 1”, garante.