Na onda da lei das terceirizações, a igreja resolveu fazer uma nova atualização nos mandamentos. Entre eles está o “Não terceirizarás a mulher do próximo”. O vaticano está atento, porém, que velhos mandamentos não devem ser mexidos. Eles podem, inclusive, sofrer alguma ênfase. “Temos acompanhado a situação no Brasil e estamos pensando em mudar o não roubarás. Vamos fazer o não roubarás principalmente se foi eleito prometendo combater a corrupção”, disse um membro da alta cúpula do vaticano.

Na semana passada a igreja votou contra a inclusão de mandamentos como “Não cutucarás” e “Não marcarás a amiga em fotos horríveis”. De acordo com um observador do Vaticano, nos próximos dias a igreja vai anunciar também o “Não matarás só para dar entrevista ao Gugu”