O presidente da Venezuela publicou em suas redes sociais que adoraria ligar para a presidente Dilma e manifestar seu apoio, porém devido a crise na Venezuela ele está sem créditos no celular. O Planalto agradeceu a manifestação de Maduro, mas desaconselhou o presidente venezuelano a fazer uma ligação a cobrar porque a conta do Palácio veio uma nota mês passado e a situação não está boa por aqui também.

Maduro garantiu que está ao lado de Dilma e que só não se envolve mais porque não tem acompanhado muito o noticiário brasileiro desde que a TV a cabo foi cortada no Palácio de Miraflores por falta de pagamento.