O Procurador-Geral da República Rodrigo Janot teve sua lista mais secreta e importante revelada. Segundo um de seus empregados, que preferiu não se identificar a lista que Janot entregou para ele pela manhã possuía: Meio quilo de pó de café, 1 Dolly uva de 2 litros, 10 pães, um CD do Gustavo Lima, 200g de mortadela e uma dúzia de bananas.
O funcionário contou também que é a primeira vez que Dr. Diguinho entrega a lista num papel rabiscado e que apesar das rasuras era possível ler as palavras “Planalto”, “Oposição”, e “Tucanos” riscadas.