Depois de enviar ao Congresso o projeto de lei para retirar incentivos fiscais à indústria e ter elevado impostos sobre gasolina, luz, água e oxigênio, a presidente Dilma Rousseff parece disposta a raspar o fundo do tacho para encontrar novos jeitos de taxar quem produz. A próxima vítima são os títulos de filmes. O sucesso de bilheteria “Cinquenta Tons de Cinza”, por exemplo, passará a se chamar “Quarenta Vírgula Três Tons de Cinza”.

“Precisamos rever estes filmes”, disse a presidente durante o anúncio do envio do projeto de lei. “É um mercado que não precisa mais de ajuda do governo”. A próxima medida será mexer nas produções pornográficas: “Queremos trocar as atrizes que contracenam com o Kid Bengala por pais de família trabalhadores e pagadores de imposto”, disse Dilma.

Veja a lista de como os títulos de outros filmes ficarão após as novas taxas.

– 94,4 Dálmatas

– Jogos, Trapaças e 0,874 Cano Fumegante

– 7 Semanas e 2/5 de Amor

– Os Dois Patetas e Um Sétimo

– Terceto Fantástico Mais 0,1 Fantástico

– O Terceiro e Meio Elemento

– Oito Vírgula Quatro Homens e Meio Destino