A fiscalização do carnaval deste ano está rigorosa. No Rio de Janeiro blocos que não atendem aos pré-requisitos estão sendo obrigados a cancelar o seu desfile. Um bloco foi proibido de sair na avenida porque não tinha pivetes em número suficiente para garantir um arrastão no final do trajeto.

“Estamos cuidando para que tudo corra nos conformes. Esse bloco não tinha a menor condição de sair. Faltavam pivetes e também não havia bêbados”, afirmou um tenente que participou da operação.

Outro bloco só conseguiu sair porque seus diretores foram ágeis. A PM constatou que a agremiação não tinha amigos suados que abraçavam o outro cantando “Abre Alas” mas um grupo de rapazes acabou correndo meia maratona e resolveu o problema.