Ninguém poderia imaginar, mas a Campus Party Brasil, realizada em São Paulo, poderá ajudar na crise mundial causada pelos terroristas do Estado Islâmico. Ao saberem que das cerca de 160 mil pessoas que passam pelo evento aproximadamente 101% são virgens, os terroristas desistiram do fundamentalismo religioso que promete 72 virgens, no céu, aos mártires.

“Não sei como não pensamos nisso antes”, disse Muhammad Al Tarado. “É muita virgindade num só lugar. Está todo mundo alucinado. Vamos jogar Counter Strike, comer Doritos e tomar Fanta quente no gargalo até de madrugada! Terrorists win!”