Jurandir Gomes Nogareda, 37 anos, surpreendeu médicos e familiares na manhã de hoje: ele acordou de um coma de 4 anos. Segundo sua esposa Elisabeth Nogareda, ela resolveu, dentre inúmeros testes, colocar o despertador do marido para ver se ele reconhecia o toque e despertava. O resultado foi surpreendente, Jurandir de fato acordou, mas colocou a função soneca e voltou a dormir. Os médicos estão analisando o caso, pois é a primeira vez que um paciente levanta do coma a cada cinco minutos e depois volta a ficar imóvel na cama.

Testes estão sendo feitos em diversas universidades. Eliane Peixoto, médica da UFRJ, revelou que há casos já estudados em que os pacientes chegam a despertar para quebrar o celular e depois voltam ao coma. Ela disse que na segunda-feira pela manhã os pacientes em coma, quando despertados, mostram mais impulsos violentos.

Por Cacofonias