Aureliano ganhou R$ 20 mil de morador

O porteiro Aureliano Ferreira é o primeiro a ganhar uma indenização de um morador por causa de assuntos repetitivos. Ele vai receber R$ 20 mil de indenização do administrador aposentado Marcelino Fernandes. O motivo é curioso: Marcelino sempre conversava com Aureliano sobre o tempo. Na sentença, o juiz da 30 Vara Cível de São Paulo justificou a indenização:

“Trata-se de preconceito latente, uma vez que o acusado, na suposição de que o querelante não seria capaz de manter outro tipo de conversa, sempre dizia que estava chovendo ou estava calor ou frio. Ora, não sendo o querelante fiscal das intempéries, não há justificativa para que o querelado mantenha apenas esse tipo de conversação”.

A decisão da Justiça abre caminho para que outros porteiros possam pedir o mesmo. Um profissional do Rio de Janeiro já está movendo um processo contra um morador que só fala com ele sobre futebol.
Com pauta de Felipe Cazeca

Aureliano ganhou R$ 20 mil de morador