Os EUA estão muito próximos de iniciar uma guerra contra a Síria, arrasá-la por completo e matar toda a população para evitar que mais mortes aconteçam na Síria. O fato que parece desimportante por não alterar em nada a tabela dos jogos do Campeonato Brasileiro, esconde por trás algo terrível: a Guerra da Síria poderá atrapalhar o fornecimento e a distribuição de pães árabes a diversos supermercados e padarias brasileiras.

O governo Dilma disse ser contra a guerra e que teme que seu projeto Fome Zero venha à falência com a quebra do Habibs: “Os brasileiros não vivem mais sem kibes e esfihas para entupir o estômago nos dias em que não fizeram almoço e jantar em casa.” O Paraguai poderá ser o grande parceiro do Brasil para o fornecimento de pães árabes, chegarão ao nosso país modelos genéricos, mas que prometem não deixar nada a desejar aos pães árabes feitos na Síria.