Após o Núcleo de Pesquisas da América Latina (NuPAL) ter divulgado seu polêmico estudo que trazia as 10 vantagens em ser gay, milhares e milhares de leitores escreveram para o Núcleo. 80% das correspondências diziam: “kkkkkkkk, resolvi assumir”. 15% diziam: “seus machistas, homofóbicos, desgraçados!” e 5% diziam: “precisamos de um estudo com lésbicas.” Atento, o NuPAL descartou 95% das correspondências e ficou com o pedido dos 5% que queriam uma nova pesquisa. Como ciência é ciência, os dados são irrefutáveis, pois são fruto de uma pesquisa com cerca de 9 bilhões de lésbicas só em território nacional:

1 – Pode usar a roupa da parceira.

2 – Nunca é arranhada por barba mal feita.

3 – Não fica toda melecada depois do sexo.

4 – Pode ir ao banheiro junto com seu par, sem suscitar desconfiança.

5 – O parceiro nunca vai broxar, afinal, o dedo estar em pé não depende de fatores psicológicos.

6 – O casal sempre vai poder discutir a relação quantas vezes quiser sem se chatear.

7 – Sua parceira vai notar quando você cortar só as pontinhas do cabelo.

8 – Você nunca vai ser surpreendido por uma gravidez indesejada.

9 – As duas vão poder afogar as mágoas juntas no chocolate sem ter um homem cobrando pela dieta.

10 – Sua relação sexual vai durar mais de 5 minutos.