A empresa TAM criou uma grande polêmica e está recebendo diversas ameaças de processo após lançar uma tabela com preços diferenciados para aviões que têm chance de cair e outros que não têm. Segundo a empresa, segurança tem um custo muito grande e cabe ao consumidor escolher se quer viajar com muita ou pouca segurança. Uma passagem com piloto de primeira linha, avião moderno e equipamentos de última geração está saindo por cerca de 700 Reais entre Rio de Janeiro e São Paulo. Já o mesmo trecho em um avião de segunda linha, com um piloto recém formado e equipamentos de segurança regulares, sai por apenas 200 Reais.

A TAM está sendo questionada, pois ela não pode assegurar que o avião de passagem de 700 Reais jamais vá cair, porém, segundo a empresa, a chance que ele caia é muito pequena, cerca de 3,33%. Já o outro avião possui uma chance de 23%, o que assusta bastante alguns consumidores. Segundo o consumidor Rafael Matos, está cada vez mais difícil viajar no Brasil. Pela TAM a gente morre de acidente, pela Gol de inanição, pela Azul a gente não chega porque não tem voo, o melhor é ficar em casa mesmo ou ir a pé.

Vinícius Antunes