Uma briga de vizinhos terminou de forma inusitada no Rio de Janeiro. A estudante Amanda Cerqueira, de 21 anos, foi impedida pela Justiça de ouvir as músicas de Latino alto em seu apartamento. A ação foi movida pelo vizinho Francisco Ferreira, que não aguentava mais o som. “Ela fica ouvindo isso que ela chama de música o tempo todo, estou tendo problemas de concentração. Trabalho em casa e não consigo produzir nada de bom depois de ouvir aquilo”, diss ele.

A decisão foi tomada pela 12 Vara Cível. Na liminar, o juiz sustenta que “embora as liberdades individuais sejam garantidas e a discussão sobre o gosto musical seja de caráter meramente pessoal, ninguém pode obrigar outrem a conviver com algo insuportável”, escreveu o juiz Macedo Neto. O juiz vai além, lembrando que nos transportes públicos milhões de brasileiros são obrigados a ouvir músicas que tocam no celular alheio. “Não é razoável que nem mesmo na inviolável residência alguém tenha que ser submetido a isso”, escreveu o juiz.

Amanda ficou revoltada. Ela está convocando fãs de latino para uma manifestação. Em protesto, ela vem usando fone de ouvido em cima do telhado de casa. A estudante admite que quando seus pais estão em casa ela é proibida de ouvir suas músicas sem fone de ouvidos.


Amanda usa fones de ouvido em cima do telhado, para protestar