A catarinense Catarina Migliorini, de 20 anos, pode continuar virgem mesmo após uma noite de sexo com o japonês que pagou US$ 780 mil. “É possível que, pelo tamanho reduzido do pênis, a moça continue virgem após a noite de sexo, mesmo que seja selvagem”, disse o ginecologista Francisco Ferreira.

Ele explica que, no Japão, é comum que mulheres permaneçam virgem mesmo depois de casadas. “A literatura médica mostra vários casos de japonesas que só perderam a virgindade após o nascimento do primeiro filho”, afirma. “Se fosse um africano, seria garantido”.