Mesmo sob protestos do Juizado da Infância e do Adolescente, um jovem casal do interior de São Paulo garantiu na justiça o direito de registrar o filho com o nome de “Bonsdrinkson Soufoda de Souza”.

O casal que se conheceu em um evento de internet, fala sobre a relação: “no início era só sexo ocasional, mas aí percebemos que nascemos um pro outro”, declarou o apaixonado Pedro de Souza. “Estávamos a procura de um nome sinistro e interessante pro nosso bebê”, disse Berenice Andrade com o pequeno Bonsdrinkson no colo. Questionados sobre o nome do neto, os pais de Berenice apoiaram a decisão da filha: “É a família mais bonita da cidade”, afirmaram os orgulhosos avós.

Leonardo Lanna