Uma nova lei proíbe lugares comuns corporativos em reuniões de empresas. O projeto aprovado pela Câmara ontem prevê multa e até prisão para pessoas que disserem clichês corporativos nos meetings, palavra que também está banida. A seguir, a relação completa das palavras proibidas. O deputado autor da lei disse que a produtividade nas empresas está caindo por causa dos chavões. “Assim que começa a reunião alguém já diz que um paradigma precisa ser quebrado. Ao ouvir isso o funcionário já para de prestar atenção. Isso está matando a língua portuguesa. Hoje em dia ninguém mais acompanha nada, faz follow up; ninguém tem mais clientes, tem parceiros; ninguém melhora, só otimiza”, disse Anderson Pereira (PP-SP).

O deputado tomou a decisão de apresentar o projeto de lei depois que ouviu um comercial de uma empresa de serviços gerais que anunciava no rádio “soluções customizadas em facilities”. A associação internacional de RH vai entrar na Justiça contra a medida. “Tememos que alguns consultores simplesmente fiquem desempregados”, disse um diretor.

Sinergia, Mentalidade, Agregar, Mercado, Follow up, Benefício, Parceiros, Estratégia, Sistema, Rendimento, Pró-ativo, Business, Otimização, Foco, Sensibilizar, Em nível de, Paradigma e Implementação.

Otileno Junior