Uma semana depois do anúncio da contratação de Adriano os bastidores do negócio começam a ser revelados. Inicialmente a diretoria do clube também era contra, a exemplo do que aconteceu com o Flamengo. Mas um argumento do procurador do jogador, Gilmar Rinaldi, virou o jogo. “Ele disse que não era justo o Adriano ser punido porque a Ficha Limpa só vale a partir de 2012”, disse.

A chegada de Adriano a São Paulo provocou um efeito colateral estranho. A venda de carne de churrascos nos açouques que ficam nas imediações das favelas triplicou. “Eles estão preparando o estoque para fazer festas com o jogador”, explicou um açougueiro.

Otileno Junior