Uma pesquisa do Instituto Nupal constatou que o Lingerie Day é a única oportunidade de aparecer de calcinha para alguém para 79% das twitteiras. De acordo com o instituto, a maioria das usuárias da rede de microblogs não tinham ficado seminuas para ninguém há pelo menos seis meses. O lingerie day aconteceu hoje, no twitter. Durante todo o dia, usuárias da rede postaram fotos nas quais aparecem usando roupas íntimas.

Ao contrário do que se imagina, iniciativa não foi aprovada por fabricantes de lingerie. A líder do mercado divulgou um comunicado dizendo que algumas mulheres estavam denegrindo a marca e ameaçou entrar na Justiça contra aquelas que confessaram a marca usada. Algumas twitteiras perderam seguidores em massa. Nair Bello, por exemplo, já tem 70% a menos de seguidores.

Algumas empresas, porém, lucraram com o evento. A Microsft viu as vendas de seu teclado feito para ser usado com uma mão só dispararem 320%. O teclado foi feito originalmente para ser usados por deficientes físicos. A empresa porém detectou que muitos usuários não chegaram a usar o novo teclado por falta de inspiração dada à baixa qualidade estética das fotos.

O Greenpeace divulgou uma nota comemorando o Lingerie Day. A organização disse que a data mostrou que, ao contrário do que se pensava, as baleias não correm o risco de extinção.