Com o objetivo de preservar psicologicamente os meninos que não sabem jogar futebol, o Governo Federal lançou hoje o programa “Bola Fora, Cuca Legal”. O programa abrirá uma linha de crédito para que estados e municípios construam escolas para essas crianças, que sofrem traumas por não saberem jogar futebol tão bem quanto os coleguinhas.

“Isso já devia ter sido feito antes”, afirmou o assistente do ministro da educação José Heitor Ruiz. “No meu tempo, eu era chamado de perna de pau e não tinha amigos, tudo porque não sabia bater nem um escanteio”.

No lugar de quatra poliesportiva, as novas escolas terão grandes sofás coletivos onde os meninos poderão jogar videogame, assistir a filmes de Stanley Kubrick e ouvir bandas de rock inglês.