Em meio à comoção mundial causada pela morte de José Saramago, Deus causou mais polêmica do que Marina Silva ao não receber o escritor. O Todo Poderoso não entendeu a revolta: “Ué, ele sempre disse que eu não existia.”, afirmou Ele. Segundo fontes no céu, Deus já estaria de arrependido de ter levado Saramago lá. “Resolvi trazê-lo para provar que eu existo, mas ele passa o tempo reclamando. Em verdade em verdade vos digo: tô de saco cheio”.