A visita de Lula ao Oriente Médio rendeu duas vitórias para a diplomacia brasileira. Além de se comprometer a utilizar a energia atômica para fins pacíficos, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinnejad, aceitou ser o grande homenageado do enredo da Mangueira, no próximo carnaval. O convite foi feito pelo presidente da escola, Ivo Meirelles, que acompanhou a comitiva com um grupo de mulatas.

 

Segundo Ivo, Ahmadinnejad ficou muito entusiasmado e aproveitou para pedir uma vaga no abre-alas para o líder supremo Ali Khamenei. Como madrinha da bateria, o iraniano sugeriu Dilma Roussef.O enredo da estação primeira, “O Filho Fiel, Sempre Mangueira”, após ser apresentado a um conselho de clérigos, recebeu como complemento a expressão “ Morte aos Infiéis”. Ficou acertado, também, que logo atrás da ala das baianas virá a ala das burcas.

Veja com exclusividade o samba da Mangueira

Eu vou
Eu vou

Pelos mares de Iemanjá
Vou ver Armadinejad

E o urânio enriquecido
O irã é nosso amigo
Amizade de verdade
Não é coisa de araque
Joga bomba no Iraque

Refrão
Lula é o cara
Dilma é coroa
Armadinejah é gente boa

bis
Lula é o cara
Dilma é coroa
Armadinejah é gente boa

E mais eu digo que eu vou….

Sugestão do leitor Osmar Soares. Samba de Otileno Júnior

UPDATE: O ótimo Diário de Barrelas cobriu a visita de Armadinejad ao Brasil em 2009 e deu, em primeira mão, a notícia de que o presidente iraniano havia caído no samba com Viviane Araújo. Link