Um estudo da Universidade Federal do Paraná, realizado em parceria com a Escola Politécnica de Coimbra, descobriu que pessoas que aparecem em catálogos de empresas são mais felizes que a média mundial. “A metodologia foi muito simples”, disse o professor Tenório de Mattos, responsável pelo estudo.

“Comparamos as pessoas nos catálogos das empresas com fotos de pessoas escolhidas aleatoriamente na seção de Polícia dos jornais populares. O resultado foi expressivo”. Segundo o texto do professor Tenório, aproximadamente 100% das pessoas estão felizes nos catálogos, enquanto esse porcentual não chega a 1% nas páginas dos jornais.

“Isso abre os olhos da gente”, afirmou o presidente Lula, perguntado sobre o estudo durante a inauguração de uma obra do PAC em San Juan, capital de Porto Rico. “Temos que descobrir o que esse pessoal está fazendo certo. Eu e a Dilma vamos trabalhar nisso sem parar até a gente poder afirmar para o povo qual é a receita do bolo pra fazer essa felicidade”.