Menos de um ano depois de ganhar na loteria, o Urânio que tinha enriquecido perdeu todo o seu dinheiro e está na miséria.
Ele foi visto ontem bêbado e caindo pelas tabelas. “O elemento estava completamente embriagado”, disse um policial. Enquanto a fortuna durou,
o Urânio levou uma vida de ouro. Comprou uma mansão de US$ 2 milhões na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, onde
dava festas com jogadores de futebol e prostitutas. Urânio casou-se com uma ex-Big Brother capa da Playboy, mas a
união durou apenas três meses.

“O Urânio não tem mais um níquel”, declarou o Silício, que fez fortuna com microcomputadores. A derrocada do Urânio provocou uma onda de reações extremadas de outros elementos. “Ele sempre foi um cara muito Estanho”, disse o
Samário, um dos mais desconhecidos da tabela, talvez por inveja. O Cobre fez coro. “Nunca gostei do Urânio, ele tinha mania de ficar
fazendo piadas de péssimo gosto com meu símbolo”, afirmou. Procurado, Urânio apenas gritou: “A vida é um cobre!”.