A oposição descobriu o plano do presidente paraguaio Fernando Lugo para se manter no poder. Ele está disposto a povoar o país para vencer eternamente as eleições apenas com o voto de seus filhos.

Ex-bispo, Lugo virou Papa quatro vezes. Ele diz que mesmo contrariando as orientações da igreja usava camisinha, mas os preservativos eram paraguaios e não funcionavam direito.

Lugo negou as acusações da oposição e afirmou que sofre de compulsão sexual: “Usou saia eu pego. Por isso os outros padres tinham medo de mim”, disse ele.

Lugo, que bateu o recorde de mil filhos de Romário, será homenageado no cinema. Assim como o presidente Lula, a vida do colega paraguaio também vai virar filme. O Sensacionalista mostra, com exclusividade, o cartaz da produção: