Polícia procura por mulher que há mais de uma hora não visualiza o Whatsapp

O desaparecimento da dona de casa Cristina Chagas, de 36 anos, está causando comoção nas redes sociais. Tudo começou quando seu marido, Carlos Chagas, 40, tentou mandar mensagem para ela na manhã desta sexta-feira, avisando que iria almoçar em casa, no bairro da Lapa, no Centro do Rio, e percebeu que a mulher não visualizava seu whatsapp por mais de uma hora.

Imediatamente o alerta foi dado e Carlos acionou a família e amigos pelo Facebook, compartilhando sua foto e pedindo ajuda para quem tivesse notícias de Cristina. Mas meia hora depois de não ter recebido nenhuma informação concreta, ele decidiu procurar a polícia, que já começou as buscas.

“Só pode ter acontecido alguma coisa com ela. A Cris jamais passou mais de cinco minutos sem checar todas as redes sociais e seu zap (sic). Estamos muito aflitos aqui, rezando para que ela esteja bem”, disse Carlos Chagas ao Sensacionalista.

A última pessoa a falar com dona de casa antes do suposto desaparecimento, foi o porteiro, quando interfonou avisando que ”o homem do gás estava subindo”. Carlos decidiu voltar em casa e finalmente achou a mulher: Cristina estava apenas dormindo.

“Peguei meu celular para fazer a primeira ronda do dia nas redes sociais e no whatsapp. Aí foi me dando um sono do nada e acabei dormindo por quase duas horas. Acordei com centenas de mensagens e o Carlos chorando aqui em casa. Foi só um susto mesmo”, esclareceu Cristina, que já começou a mandar mensagens de bom dia para todos. O que fez com quem muita gente desejasse que ela continuasse desaparecida.