Academia em que usuários comparecem abre falência: ‘não temos infraestrutura’

Uma academia no Rio de Janeiro está prestes a abrir falência pois os usuários que se matricularam, de fato foram malhar. O acontecimento inédito pegou o gerente da academia de surpresa, pois agora a unidade não possui equipamentos e nem empregados suficientes para lidar com o público.

“Nós analisamos o mercado e percebemos que as pessoas malham apenas na primeira semana, depois param de frequentar [a academia]. Baseados nisso, nós alugamos os aparelhos e contratamos funcionários apenas para os primeiros sete dias. Não imaginávamos que as pessoas realmente apareceriam” contou Wheyscley, sócio da rede.

A estratégia da academia é contratar personais trainers que distribuam séries pesadas, fazendo com que as pessoas fiquem cansadas demais para voltar no dia seguinte.

“Se tudo der certo, em uma semana as pessoas desistirão da academia, mas continuarão pagando a mensalidade por peso na consciência e tudo voltará ao normal” finalizou Wheyscley.